Reviews

10 criptomoedas promissoras para investir em 2018

criptomoedas promissoras

Quais são as criptomoedas promissoras para investir em 2018?  Para entendermos melhor o que vai acontecer precisamos olhar para a “big picture”, afastar o foco para enxergar melhor o cenário histórico do mercado de criptomoedas.

Em 2017 as principais criptomoedas tiveram ganhos exorbitantes, fato que chamou a atenção da grande mídia e fez com que muitos novos investidores entrassem no jogo atrás de lucro fácil. O Bitcoin valorizou 2395% em 2017, em 11 de janeiro valia US$ 775 e bateu seu recorde histórico em 16 de dezembro cotado a US$ 19.343.

Quem comprou a criptomoeda no início do ano de 2017, quando ela valia US$ 775, não se espantou quando o preço caiu de US$ 19.343 para  US$ 6.843 em março deste ano. Se vendeu na alta e recomprou aos US$ 6.800 já obteve novos vultuosos lucros com a retomada do preço.

Quem comprou no burburinho da midia, na alta histórica do Bitcoin e se assustou com a queda brusca (que não foi a primeira nem será a última) vendeu durante o pânico, perdeu dinheiro.

Estes dois exemplos servem para ilustrar o que eu citei na primeira linha do artigo. Antes de escolher uma moeda e (realmente há algumas que são muito promissoras além do Bitcoin), é bom analisar em que patamar está o preço desta moeda. Quando escutar alguém falando que a regra é “comprar na baixa e vender na alta”, estas “altas” e “baixas” não são apenas as altas e baixas dos preços diários, mas as altas e baixas em relação ao preço histórico da criptomoeda.

A temida “Bolha”

Se o Bitcoin fosse uma bolha, no sentido de ser “algo super valorizado com utilidade questionável”, ela seria a maior e mais longa bolha da história da humanidade, pois foi oferecido pela vez em uma exchange  por US$ 0.003  em 17 de março de 2010, ou seja,  a tal bolha caso exista, começou em 2010 e já completou seus 8 anos de vida!  O que houve sim durante este tempo, foram ciclos de grande crescimento acompanhados de grandes quedas, porém a longo prazo o preço não parou de crescer até agora.  (Em nosso post sobre trade há uma explicação técnica sobre o conceito de bolha e como ele se aplica no mercado de criptomoedas.)

Por uma questão muito simples, além de ser o projeto mãe e pai do mercado de criptomoedas, o preço das demais moedas ainda estão fortemente atrelados ao preço do Bitcoin. O Bitcoin ainda reina sem concorrência quando o assunto é volume diário de compra e venda de criptomoedas, seja através dos mercados de dólar x bitcoin ou bitcoin x as demais criptomoedas, portanto se o preço do Bitcoin desce, todo o mercado desce a ladeira com ele, se sobe, acontece o mesmo, obviamente não com as mesmas porcentagens, mas de forma geral é isso que ocorre.

Sendo assim, a primeira moeda da nossa lista é o Bitcoin.

1 – Bitcoin

Leia também: 7 dicas importantes para operar no trade de criptomoedas

Criptomoedas promissoras e as plataformas para Dapps

Uma das grandes inovações da tecnologia blockchain é a descentralização. Neste cenário entram novos usos para a internet como micro-pagamentos e a “internet das Coisas”, onde aparelhos, carros e todo tipo de gadgets estariam conectados de forma autônoma 24 horas por dia  fazendo micro-transações e escolhas para solucionar problemas.  Como fazer isso funcionar de forma confiável sem que essa rede fique vulnerável ao ataque de hackers ou ao controle de governos autoritários?

Que tal rodar esse app em uma rede de baixo custo que seja baseada em criptografia de ponta e descentralizada em milhões de computadores espalhados por todo o mundo que só mesmo um super computador quântico poderia lhe causar algum estrago?

Pois é, os computadores quânticos ainda estão em fase de desenvolvimento e um hacker precisaria no mínimo de um destes a sua disposição para causar algum estrago!  É por isso que projetos como estes, com redes descentralizadas criadas para este fim rendam mais que a poupança do Itaú. 😉

A primeira blockchain criada para este propósito foi a Ethereum que hoje já roda dezenas de Dapps ( “Decentralized Applications”).  O Ether, a criptomoeda da Ethereum,  iniciou 2017 valendo US$ 8,27 e fechou o ano cotada a US$ 726. Cresceu mais de 8.975% em 2018, quase 7 vezes mais que o  Bitcoin.

Por isso a Ethereum é nossa primeira aposta de investimento para  você comprar e segurar durante todo o ano de 2018.

2 – Ethereum

3 – EOS

Com a pretensão de ser um blockchain para Dapps com mais escalabilidade e sem a necessidade de mineração, o projeto da EOS ainda em está na fase de venda de tokens e rodando em TestNet (rede de testes) e provavelmente irá ir para lua quando sua rede principal entrar em funcionamento. Pode chegar na casa dos US$ 100 / U$ 200 ou até mais, caso o projeto seja bem sucedido e nenhum problema sério ocorra na estreia de sua rede principal.  Sim a oferta de tokens é 10 vezes maior que a Ethereum e na prática isso significa que para se aproximar ao preço atual da concorrente o projeto precisaria acumular 1 trilhão de dólares em Market Cap, o que é improvável ocorrer em 2018.  De qualquer forma se quiser apostar em um projeto com capacidade de valorização acima dos 500% em 2018 , este é belo um candidato.

Outras plataformas dapps para ficar de olho em 2018: Neo, Tron, Stratis, Lisk, Waves e Ethereum Classic

4 –  IOTA

A IOTA é hoje um dos principais projetos desenvolvidos com a tecnologia DAG, concorrente da Blockchain.  DAG é o acrônimo para Directed Acyclic Graph ou em bom português, Grafo Acíclico Dirigido, uma tecnologia criptográfica considerada por alguns especialistas como sendo mais segura e escalável que o Blockchain.  A IOTA é uma rede pensada para se tornar a espinha dorsal para internet das coisas, alimentada por micropagamentos feitos em suas criptomoedas, as MIOTAS.  Foi um do projetos mais comemorados em 2017, mas tem sido muito criticado pela comunidade Bitcoin por ser centralizado. De qualquer forma é outro candidato a crescer 500% ou mais até o final de 2018.

Escalabilidade, transação instantânea e baixo custo operacional

Qualquer projeto de criptomoeda que resolva problemas relacionados com estas 3 questões será um grande candidato a ter ganhos gigantescos em 2018.

5 – Nano

A Nano é outro projeto baseado em DAG que pretende resolver os problemas citados acima. Tem transações instantâneas é escalável e com taxa zero.  Segundo sua comunidade é a que mais se aproxima da moeda idealizada por Satoshi Sakamoto, o desconhecido criador do Bitcoin.  Foi lançada no dia 7 de dezembro de 2017 por US$ 0.65. É uma candidata para valorizar muito  até o final de 2018.

6 – Cardano

Cardano é uma blockchain construída a partir do zero por uma equipe chefiada por Charles Hoskinson, um dos co-criadores da Ethereum.  O projeto começou em 2015 e contou com a participação de cientistas especializados em criptografia e engenheiros de programação. É resultado de 2 anos de pesquisa acadêmica e desenvolvimento de ponta feito para ser escalável, segura, descentralizada e com baixo custo operacional.  Apesar da grande oferta de ADA’s elas devem valorizar muito nos próximos anos.

Resistência à ataques quânticos e anonimato

7 – Quantum Resistant Ledger

A rede descentralizada criada pelo Bitcoin é hoje a mais segura do mundo, seu poder computacional é gigantesco e usado unica e exclusivamente para a mineração que é um processo executado para não permitir transações falsas ou duplicadas na blockchain. Para conseguir fraudar a rede com a tecnologia de hoje seria necessário um ataque com poder computacional de no minimo 51% de seu poder, o que tornaria a ação mais cara do que os possíveis ganhos obtidos por ela.

Todo esse cenário se tornaria vulnerável com a chegada dos supercomputadores quânticos e a QRL ou Quantum Resistant Ledger é a primeira blockchain que promete ser resistente a esta nova tecnologia.  Já deu pra perceber que é algo audacioso, mas ainda é apenas um token promissor. Outra vantagem é a baixa oferta de tokens comparada aos demais projetos citados aqui.  A Main Net foi anunciada para começar a rodar até a metade deste ano e se cumprir metade do que promete terá seu preço alavancado em mais de 10x até o final de 2018.

8 – OmiseGo

A Omise é uma plataforma de gerenciamento de pagamentos muito popular na Ásia e sua moeda a OmiseGo com certeza é uma das moedas promissoras para investir em 2018. O projeto é apoiado por nomes importantes da tecnologia Blockchain como Vitalik Buterin, criador da Ethereum e Joseph Poon, criador da lightning network. A OmiseGo é como se o PayPal criasse sua própria moeda, mas neste caso é um PayPal asiático e não podemos esquecer que a maior parte da população mundial está lá!

9 – Dragonchain

É um projeto de blockchain incubado pelo grupo Disney com foco em soluções empresariais que já começou 2018 entre os tokens com 1 bilhão de dólares em Market Cap.  A oferta de tokens é relativamente pequena e o preço ainda está baixo. Um boa escolha para dobrar ou triplicar seu investimento nos próximos meses.

10 – Lamden

Lamden é um conjunto de ferramentas para desenvolvedores de Blockchain e ao mesmo tempo uma plataforma para rodar aplicativos descentralizados.  O token Lamden Tau foi oferecido em um ICO no final de 2017 e já começa a ser listado em algumas plataformas de trade.  Projetos concorrentes com menos recursos e vantagens estão com seus tokens comercializados a US$ 30.

Cadastre-se nas principais plataformas de Trade de Criptomoedas:
Binancehttps://www.binance.com)
Bittrex (https://bittrex.com)
Poloniex (https://poloniex.com)
Bitfinex (https://www.bitfinex.com)

Cadastre-se nas principais exchanges pra trocar seus reais por bitcoins
Localbitcoinshttps://localbitcoins.com)
Foxbitfoxbit.com.br)
Mercado Bitcoinhttps://www.mercadobitcoin.com.br )

Comentários do Facebook

Comentários

loading...
3 Comments

3 Comments

  1. Pingback: Em qual criptomoeda investir em 2018? - Satoshi.Network

  2. Pingback: 7 formas de investir em criptomoedas - Satoshi.Network

  3. Pingback: 7 formas de como investir em criptomoedas no Brasil - Satoshi.Network

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top